+351 289 393 666 info

Não havia tantos empréstimos para comprar casa desde 2011

O montante emprestado para a compra de habitação atingiu os 715 milhões de euros nos primeiros três meses deste ano, um valor recorde desde a chegada da troika.

Terça, 23 Junho 2015 - Financiamento

O montante emprestado para a compra de habitação atingiu os 715 milhões de euros nos primeiros três meses deste ano, um valor recorde desde a chegada da troika.

Segundo o Jornal de Negócios, que divulga dados do Banco de Portugal, este montante é o mais elevado em mais de três anos - desde o final de 2011.

Esta evolução pode ser explicada, de acordo com economistas consultados pelo mesmo jornal, pelo aumento da oferta da banca, nomeadamente pela descida dos 'spreads' mínimos exigidos pelos bancos no crédito à habitação.

Entre 13 instituições financeiras apenas duas ainda não desceram a margem mínima cobrada no crédito habitação e cinco delas oferecem 'spreads' abaixo dos 2%.

 

Fonte: Notícias ao Minuto